DIREITO CIVIL




Na assessoria jurídica em matéria civil, a atuação do escritório, mediante seu estilo personalizado e de permanente contato com os sócios, indica a busca pela solução dos conflitos da forma estratégica mais viável, sempre aliada àquela menos dispendiosa, assegurando efetividade ao cliente.

Cada situação é avaliada detidamente, de modo que possa ser identificada com o cliente a melhor estratégia a ser seguida, levando-se em conta os riscos envolvidos em cada etapa.

O escritório atua no Direito Civil, como um todo, tanto na área contenciosa, como na consultiva, mediante atuação em juízos, tribunais e na esfera arbitral de todo o país, destacando-se abaixo, exemplificativamente, algumas matérias nas quais atuamos:

● Responsabilidade civil, indenizações em geral, obrigações, cobranças, execuções, consignações em pagamento;

●Direito de Família e Sucessões: consultivo e contencioso em assuntos relacionados a casamentos, união estável, regime de bens, divórcios, alimentos e guarda de menor, inventários, testamentos e planejamentos sucessórios;

● Direito de Posse e Propriedade: Ações de Usucapião, Reintegração de Posse, Manutenção de Posse, Busca e Apreensão, Imissão na Posse, dentre outras medidas atinentes à discussão da posse e propriedade de bens móveis e imóveis;

● Planejamento Sucessório e Patrimonial visando à redução do custo de futuro inventário, quer venha a tramitar a sucessão na esfera judicial ou extrajudicial, como também economia fiscal em locação e operações imobiliárias, além da preservação e proteção ao patrimônio familiar;

● Direito Condominial, em todos os assuntos que possam fazer parte dessa coletividade sujeita às normas de convivência, em geral, assim como àquelas regras específicas elaboradas pelo condomínio, como a sua convenção e o regimento interno, a saber, de forma exemplificativa:
(i) verificação da regularidade das assembleias ordinárias e extraordinárias de condomínio; (ii) constatação da validade dos votos e assuntos tratados na reunião; (iii) auxílio nas deliberações, por meio de esclarecimentos de dúvidas acerca dos temas tratados durante a assembleia; (iv) elaboração de pareceres sobre assuntos polêmicos, tais como: animais no condomínio, acessibilidade para deficientes, responsabilidade do síndico, vazamentos, dentre tantos outros; e (v) análise da convenção, regulamento e outras normas relativas ao condomínio e elaboração e envio de advertências, multas e notificações extrajudiciais;

● Locação de Imóvel, verificando-se a adequação das condições e previsões ajustadas com a Lei do Inquilinato, conforme a situação do cliente, quer seja locador ou locatário; verificação das consequências e dos riscos dos prazos; averiguação da efetiva segurança da garantia firmada, caso existente; regras aplicáveis para as benfeitorias; direito de preferência; assim como todos os demais assuntos atinentes à matéria.

● Elaboração de notificações e interpelações judiciais e extrajudiciais, objetivando responsabilizar, produzir provas, prevenir responsabilidades, constituir mora, precaver contra danos, solicitar cumprimento de obrigações, com a intenção de obter um acordo, evitando-se a instauração de processo judicial;

● Atuação administrativa e contenciosa em questões que envolvem Direito Médico e à Saúde, tais como, (i) ações contra as operadoras de planos de saúde, por conta de aumento abusivo da mensalidade, negativa de cobertura de tratamentos e procedimentos etc; (ii) apuração de responsabilidade civil e criminal do profissional da saúde e instituições hospitalares; (iii) obtenção de medicamentos de alto custo não disponíveis na lista do SUS e de medicamentos não registrados na Anvisa;

● Respostas às consultas e elaboração de pareceres sobre contratos, negócios, documentos e situações apresentadas pelo cliente com o intuito de minimizar potenciais riscos jurídicos.

ENTRE EM CONTATO



NOSSA EQUIPE

Conheça quem faz parte do nosso sucesso

Últimas do Blog

18 de outubro de 2018

FUI VÍTIMA DE GOLPE EM OPERAÇÃO BANCÁRIA. TENHO DIREITO A SER INDENIZADO?

Não há dúvida de que a atividade bancária se sujeita ao Código de Defesa do Consumidor (CDC). Aliás, o STJ possui entendimento pacífico sobre essa matéria desde 2004, através da Súmula 297 que diz “O Código de Defesa do Consumidor é […]
12 de outubro de 2018

CANCELOU SEU PACOTE DE VIAGEM E TERÁ QUE PAGAR MULTA? SAIBA O QUE OS JUÍZES VÊM DECIDINDO A RESPEITO.

É prática comum por parte das agências de turismo a previsão de multa por cancelamento de viagem por iniciativa do consumidor. Admite-se essa cobrança de penalidade […]
4 de outubro de 2018

O trabalhador temporário tem os mesmos direitos de um trabalhador efetivo?

Antes de falarmos sobre os direitos do trabalhador temporário, é importante esclarecermos o que é e como funciona essa modalidade de contrato de trabalho. O empregado temporário é aquele contratado por […]
27 de setembro de 2018

Pagamento das despesas de consumo em locação

Meu inquilino não pagou as contas de luz, gás e água. Tenho que pagar? O pagamento das despesas de consumo em locação é uma dúvida pertinente […]
USABrazil